JAIC 2003, Volume 42, Number 2, Article 7 (pp. 279 to 312)
JAIC online
Journal of the American Institute for Conservation
JAIC 2003, Volume 42, Number 2, Article 7 (pp. 279 to 312)

THE EARLY PAINTED ENAMELS OF LIMOGES IN THE WALTERS ART MUSEUM: HISTORICAL CONTEXT AND OBSERVATIONS ON PAST TREATMENTS

TERRY DRAYMAN-WEISSER


TITULO—Esmaltes antigos pintados de Limoges no Walters Art Museum (Museu de Arte Walters): contexto histórico e observações de tratamentos anteriores. RESUMO—Walters Art Museum (Museu de Arte Walters) possui uma das mais significativas coleções de esmaltes do mundo e umas das maiores coleções de esmaltes pintados de Limoges. Datando do final do século XV e princípio do século XVI, os esmaltes antigos pintados sofrem instabilidade química inerente que ocasiona a formação de bolhas de água, opacidade gerada por mudança da textura da superfície e finalmente o craquelamento da superfície do esmalte. Atualmente não existe nenhum tratamento aceitável que detenha esta deterioração. No passado, restauradores do Walters realizaram tratamentos visando estabilizar os esmaltes em processo de deterioração. Este artigo situa os esmaltes antigos pintados de Limoges no seu contexto histórico, descreve as técnicas de sua manufatura, revisa os textos técnicos sobre as causas de sua deterioração e descreve e avalia os tratamentos efetuados no Walters para sua estabilização.
[English Abstract] [French Abstract]

Article Sections:

1. INTRODUCTION
2. PRECURSORS TO THE EARLY LIMOGES PAINTED ENAMELS
3. THE EARLY PAINTED ENAMELS OF LIMOGES
4. THE WALTERS COLLECTION OF EARLY PAINTED LIMOGES ENAMELS
a: Appendix , Notes , References , Author Information
Entire Article

Copyright © 2003 American Institution for Conservation of Historic & Artistic Works