JAIC 2004, Volume 43, Number 1, Article 4 (pp. 39 to 54)
JAIC online
Journal of the American Institute for Conservation
JAIC 2004, Volume 43, Number 1, Article 4 (pp. 39 to 54)

IDENTIFICATION OF THE PRE-COLUMBIAN PIGMENT MAYA BLUE ON WORKS OF ART BY NONINVASIVE UV-VIS AND RAMAN SPECTROSCOPIC TECHNIQUES

MARCO LEONA, FRANCESCA CASADIO, MAURO BACCI, & MARCELLO PICOLLO


TITULO—Identificação do pigmento précolombiano azul Maya em obras de arte através das técnicas não invasivas UV-Visível e espectroscopia Raman. RESUMO—A espectroscopia por reflectância no UV-visível e a microespectroscopia Raman fornecem um meio rápido para identificar, inequivocamente, o pigmento pré-colombiano azul Maya. Espectros de materiais sintéticos modernos são comparados com dados de uma amostra arqueológica contextualizada e de um objeto da coleção do Los Angeles County Museum of Art (Museu de Arte do Condado de Los Angeles). A espectroscopia UV-visível e a microespectroscopia Raman, juntamente com outras técnicas complementares, tais como a espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier, revelam diferenças significativas entre espectro de índigo como sólido cristalino puro ou como complexo palygorskite. Deste modo, essas técnicas são extremamente específicas, sendo capazes de identificar azul Maya como um pigmento preparado, ao invés de detectar somente seus ingredientes índigo e palygorskite. A espectroscopia por reflectância no UV-visível e a microespectroscopia Raman apresentam uma vantagem adicional por serem completamente nãoinvasivas e, por conseguinte, adequadas ao estudo de obras de arte. O uso de aparelhos portáteis leves de fibra ótica UV-visível possibilita a realização de medições in situ em pinturas murais ou outros objetos que não podem ser movidos. As diferenças de espectro entre o índigo puro e o complexo índigo-palygorskite podem ser interpretadas em termos de diferentes configurações de ligações de hidrogênio para a molécula de índigo.
[English Abstract] [French Abstract]

Article Sections:

1. INTRODUCTION
2. MATERIALS AND METHODS
3. RESULTS AND DISCUSSION
4. CONCLUSIONS
a: References , Author Information
Entire Article

Copyright © 2004 American Institution for Conservation of Historic & Artistic Works