JAIC 2005, Volume 44, Number 3, Article 2 (pp. 159 to 173)
JAIC online
Journal of the American Institute for Conservation
JAIC 2005, Volume 44, Number 3, Article 2 (pp. 159 to 173)

PREVENTIVE CONSERVATION RESEARCH AND PRACTICE AT THE BRITISH MUSEUM

SUSAN BRADLEY


TÍTULO—Pesquisa e prática em conservação preventiva no British Museum (Museu Britânico). RESUMO—Desde o início da década de 1970 os cientistas de conservação do British Museum (Museu Britânico) têm seguido um programa de pesquisa que ficou conhecido como conservação preventiva. Esta pesquisa baseada no objeto foi quase sempre iniciada pela investigação sobre as causas de deterioração, a fim de compreender o tratamento e as necessidades ambientais necessários para a estabilização. A maioria das galerias e áreas de armazenagem de objetos não estão equipadas com sistemas de controle de ar; tais sistemas nem sempre são viáveis em edifícios, os quais por si só têm tamanha importância que são classificados como grau um na listagem do English Heritage (Patrimômio Inglês). Por conseguinte, as soluções envolvendo micro-ambientes são desenhadas à medida das necessidades de grupos de objetos. Um tema constante tem sido o papel dos gases poluentes, em particular dos gases sulfúricos e ácidos orgâncios, na deterioração. Este artigo apresenta uma visão geral destas investigações no contexto mais amplo da prática da conservação preventiva no British Museum (Museu Britânico).
[English Abstract] [French Abstract]

Article Sections:

1. INTRODUCTION
2. TEMPERATURE AND RELATIVE HUMIDITY
3. INDOOR POLLUTANT GASES
4. REDUCED SULFUR GASES
5. CONCLUSIONS
a: References , Author Information
Entire Article

Copyright © 2005 American Institution for Conservation of Historic & Artistic Works